Raissa foi atingida com um golpe no pescoço — Foto: Facebook/Reprodução

*POR G1 Grande Minas
Crime foi após um desentendimento com uma jovem, de 22 anos, que foi presa; namorado da vítima disse que o motivo da briga seria uma dívida de R$ 30.
Uma adolescente de 17 anos foi morta com uma facada no pescoço em Porteirinha, no Norte de Minas, na noite dessa terça-feira (29). O crime foi cometido por uma jovem de 22 anos que foi presa em flagrante.
Segundo a Polícia Militar, as duas moraram juntas na mesma casa onde dividiam as despesas e a adolescente deixou o imóvel após um desentendimento. A autora disse à polícia que depois disso passou a ser ameaçada pela vítima e foi agredida. O namorado da adolescente informou que o desentendimento entre as duas foi motivado por conta de uma dívida que a autora tinha com a vítima no valor de R$ 30, referente às contas da casa quando elas dividiram o mesmo imóvel.
Ainda de acordo com a PM, a jovem de 22 anos acionou à polícia no início da noite dessa terça e contou que Raissa Danyele Santos teria retornado na casa para pegar alguns móveis e ela não abriu a porta porque a menina estava muito agressiva.
Quando os militares deslocavam para a ocorrência, ela ligou novamente e disse que estava saindo do imóvel e iria para a casa da mãe no Bairro Bela Vista por conta das ameaças.
Segundo a Polícia Militar, a jovem foi na residência da vítima que mora na mesma rua da mãe dela. A mulher relatou à PM que foi no imóvel para conversar com a vítima e a esfaqueou porque ela tentou agredi-la, mas disse não tinha intenção de matar a adolescente.
Raissa Danyele Santos foi atingida no pescoço e morreu no local. Após o crime, a autora pediu a irmã para chamar o Samu e permaneceu no local até a chegada da polícia, onde foi presa em flagrante e encaminhada à delegacia de Janaúba. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Comentários no Facebook