Religioso foi detido na manhã desta quinta-feira (29) após uma denúncia da mãe de um menino de 11 anos que relatou ter trocado mensagens por celular.

Um padre foi preso em flagrante em Borda da Mata (MG) por armazenar fotos de um menino de 11 anos seminu. De acordo com a Polícia Civil, o religioso foi detido na manhã desta quinta-feira (29) após uma denúncia da mãe da criança.

Ainda conforme a polícia, o padre foi detido durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão na casa paroquial. No celular dele, foram encontradas as fotos do menino apenas de cueca.

O menor foi ouvido na delegacia e confirmou ter trocado mensagens por celular com o religioso. A polícia disse ainda que agora a perícia trabalha para tentar recuperar arquivos apagados do celular para determinar se havia mais conteúdo e identificar possíveis vítimas.

O padre foi autuado em flagrante no artigo 241A do Estatudo da Criança e do Adolescente e levado para o presídio de Pouso Alegre.

Em nota, a Arquidiocese de Pouso Alegre afirmou que o padre estava em licença do Mosteiro Trapista de Campo do Tenente (PR) para uma experiência na região. Ele foi afastado das atividades enquanto “aguarda o resultado da apuração dos fatos”.

Veja a nota:

Considerando que nesta data foi preso […], padre em licença do Mosteiro Trapista de Campo do Tenente (PR) para uma experiência pastoral em nossa Arquidiocese de Pouso Alegre.

Por medida cautelar, a Arquidiocese de Pouso Alegre afastou o padre […] do exercício do ministério, enquanto aguarda o resultado da apuração dos fatos.

A Arquidiocese de Pouso Alegre está disposta a colaborar com a Justiça em tudo o que for necessário para a elucidação dos fatos e lamenta profundamente o ocorrido que ferem o Corpo Eclesial e a comunidade cristã, e assim pede que não falte a todos a misericórdia e a oração neste momento doloroso.

Comentários no Facebook